Nossa sociedade corrompida

Eu nunca fui tão a favor do divórcio como sou hoje. Antigamente eu escutava falar das sociedades e culturas onde a taxa de divórcio é baixíssima, tipo entre judeus ortodoxos ou indianos religiosos, ou cristãos fanáticos tipo Mel Gibson e admirava: puxa vida, que sociedade evoluída, onde a família prevalece, onde os filhos tem pai…