De onde veio o dinheiro?

De onde veio o dinheiro que financiou as campanhas eleitorais dos deputados estaduais de nossa região que foram eleitos nas últimas eleições? Você sabe? Boa parte da grana veio por meio de doações ocultas, Doação oculta é quando os partidos distribuem recursos financeiros para as campanhas eleitorais sem identificar a origem dos recursos repassados. Até 2010, as doações ocultas eram permitidas pela legislação eleitoral. A identificação dos recursos era feita apenas pelo candidato e pelo Comitê Financeiro, que identificava o recurso como oriundo do partido, e não como da pessoa física ou jurídica que doou para o partido.Ou seja, algumas empresas doavam dinheiro para o partido ou para o comitê eleitoral, e os mesmos repassavam essas doações para os candidatos, e dessa forma não tínhamos como saber exatamente de onde veio tanto dinheiro. Mas dá para ter uma ideia olhando para as doações “explícitas” dos últimos eleitos.

Como saber os interesses que cada deputado defende? Só saber quem investiu mais em suas campanhas. Uma pena, uma pena mesmo que não podemos saber de onde vieram o grosso das doações. Mas essa eleição de 2014 será ainda mais transparente.

Jean Kuhlmann (PSD)

Valor total declarado: R$ 513.259,59
Hering: R$ 15.000,00
Baumgarten: R$ 10.000,00
Huvispan Ind. Com. de Fios: R$ 10.000,00
Cativa Têxtil: R$ 10.000,00
Altona: R$ 10.000,00
Cia Canoinhas de Papel: R$ 5.000,00


 

Ana Paula Lima (PT)

Valor total declarado: R$ 193.608,00
Van Oord Dragagens: R$ 100.000,00
Tractebel Energia: R$ 25.000,00
Hering: R$ 15.000,00
Construtora Espaço Aberto: R$ 10.000,00
Concreto Construtora e Obras: R$ 5.000,00
Dudalina: R$ 5.000,00


 

Edson Brunsfeld (PR)

Valor total declarado: R$ 157.700,00
Construpav Obras e Pavimentação: R$ 15.800,00
Baumgarten: R$ 11.500,00
Momento Engenharia: R$ 10.000,00
Brasil Sul Administradora de Bens: R$ 6.000,00
Huvispan Ind Com de Fios: R$ 5.000,00


 

Ismael dos Santos (PSD)

Valor total declarado: R$ 118.542,99
Manoel Machetti Ind Com: R$ 20.000,00

Anúncios

2 comentários sobre “De onde veio o dinheiro?

  1. Eu acho que deveria ter uma obrigação acessória aí para saber de onde veio cada centavo! A gente não é obrigado a declarar tudo para o governo? Pois é! Nada mais justo! Inclusive, em SC já existe um código fiscal de operação para isso, o 5.910 – Remessa em bonificação, doação ou brinde. Não ia ser lindo? (sou contadora e chama mesmo, rsrs!)

  2. Pingback: Fim das eleições, e agora? | Georgia Martins Faust

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s