Eu te odeio – e provavelmente, a culpa é sua.

Um algoritmo sobre a capacidade incrível que as pessoas têm de se eximirem de responsabilidade e se transformarem em vítimas inocentes do ódio alheio.

(1)Você faz algo ruim para mim.

(2)Eu te odeio.

(3) Você acha desconfortável ser odiado.

(4)Você imagina o quão legal seria se eu não te odiasse.

(5) Você decide que eu devo não te odiar porque o ódio é mau.

(6) Pessoas boas não odeiam.

(7) Porque odeio, eu sou uma má pessoa.

(8) Não é o que você me fez que me faz de te odiar, é minha própria natureza má.

(9) Eu – não você – sou a causa do meu ódio por você.

MATE-ME.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s