Veganismo, daqui a 18 dias*.

Eu curto novos desafios, então… 🙂

Desde quando eu decidi ser vegetariana, há muitos e muitos anos atrás, eu sabia que ia querer um dia ser vegana. É o passo natural, eu acho, pelo menos para quem decide tornar-se vegetariano pelos direitos dos animais. Porque existem N motivos diferentes para uma pessoa ser vegetariana, pode ser por saúde, para emagrecer, por motivos ecológicos. Mas eu não, eu virei vegetariana porque sou completa e perdidamente ALUCINADA por bichos, todos. Daquele tipo que para pra passar a mão em tudo que é cachorro na rua, que carrega um saco de ração no carro just in case, que fica trazendo bicho doente pra casa e, bem, essa pessoa que vocês conhecem cuja vida gira em torno dos seus seis gatos (ah, mas são os seis gatos mais gatos do mundo, você há de concordar).

Eu não sou muito a favor de mudanças extremamente radicais e restritivas do dia pra noite, então levei uns 5 anos para conseguir ser ovolactovegetariana. Fui reduzindo carne aos poucos, fui cortando primeiro porco, depois embutidos, carne vermelha, etc etc até que passei a consumir carne só socialmente, porém nunca em casa… E também aprendendo a comer sem ter a carne como prato principal, aprendendo novas receitas, substituições, alternativas. E um dia me senti preparada para sair do armário e me assumir vegetariana para o mundo. Como foi uma reeducação alimentar, eu já estava acostumada e até hoje não senti falta (só do sushi, tá bom…).

Daí fui para o Fazendo Gênero 10 e participei do Simpósio Temático de Ecofeminismos, que foi o mais légas de todos. E conheci mulheres e homens lindos (mas lindos MESMO) estudando nosso relacionamento com as pessoas não-humanas e aquilo me empolgou de um jeito que só eu sei me empolgare cheguei a conclusão que não dá pra esperar muito mais pra fazer algo que eu sempre quis: parar de consumir qualquer produto de origem animal.

Então comecei os preparativos, Tenho mais 18 dias de ovos e leite, e estou deixando-os aos poucos. Leites vegetais eu já aprendi a fazer há um tempinho, e acho UM SACO, mas bendito seja o freezer que facilita um pouco a vida – faço em quantidades maiores e congelo em porções. Hoje a meta do dia é conseguir fazer iogurte vegetal, e vou tentar com leite de côco, e no final de semana com leite de amêndoa. A receita do queijo cremoso de macadâmia já está presa na porta da geladeira, e também será testada. Tudo isso acho que é mais importante no começo mesmo, quando eu senti MUITA falta de queijo ou iogurte e etc. Mas acho que com o passar do tempo vou me desacostumar a comer esses alimentos de uma vez, então nem vou precisar de tantos substitutos.

* esse prazo de 18 dias é porque daqui a 18 dias é minha próxima consulta com a nutri, então… bom, ela q se vire pra eu não morrer com deficiência de nutrientes. 😉

Anúncios

Um comentário sobre “Veganismo, daqui a 18 dias*.

  1. Muito bacana. Eu admiro muito pessoas como vc, que conseguem parar de consumir produtos de origem animal pq acho um horror como os animais vivem e morrem só pra satisfazer nosso paladar.
    Parabéns e sucesso na nova dieta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s