Quero ver raspar!

E a Gillette resolveu fazer uma campanha com 3 gostosonas incentivando os homens a rasparem o peito. “Pesquisas apontam que 8 em cada 10 mulheres acham que um homem lisinho é mais sexy, hein ;)”

Fiquei boquiaberta com a revolta masculina. Comentários indignados estão pipocando no perfil da marca desde que as primeiras postagens apareceram.

“mulher de verdade gosta de homem de verdade , ou seja tem que ter pêlo no peito , jamais uma lãmina vai tocar no meu pulôver!!!!”

Eu acho que os papéis estão se invertendo, eu gosto é de MULHER LISINHA… aparar os pelos do corpo é uma coisa raspar é outra…. só tenho duas coisas que eu raspo minha cabeça e a barba…”

“Porque tudo o que a gente precisa é de mais estereótipos e de alguém dizendo como a gente deve parecer, o que vestir, o que comer pra ~se sentir bem~. Simplesmente ridículo esse comercial”

“Constrangimento de testemunhar uma marca mundialmente conhecida tentando impor um padrão estético em pleno século XXI. É praticamente a contramão de onde uma sociedade mais evoluída tem de ir.”

“mas querer impor um padrão para criar nicho de mercado é demais. Ninguém cai nessa não.”

Ok. Muitas queixas legítimas. Mas ninguém concorda com isso quando o assunto é mulher, certo? Porque como o próprio Zequinha falou ali em cima, ele gosta é de mulher lisinha. Nós temos a obrigação de estar sempre lisinhas, porque isso é ser mulher. Tenho vontade de perguntar aos mais revoltados se a namorada deles “pode” ter suvaco cabeludo, pois aposto que essa sim seria considerada uma idéia infinitamente mais absurda do que a de um homem se depilar.

Tenho uma conhecida que, por pressão do namorado – agora marido – depila TUDO com cêra. Quando digo tudo, quero dizer tudo mesmo, inclusive os pêlos dos braços.

Eu acho interessante que a revolta é tão mas tão grande mas ao mesmo tempo muitos não conseguem perceber que padrões muito piores de beleza são impostos às mulheres diariamente. Com relação ao peso, maquiagem, roupas, sapatos, unhas, pêlos, comportamento, vocabulário… Mas, como uma amiga destacou em comentários no face, se alguma mulher fosse reclamar num site que inceitivasse a depilação feminina, logo apareceriam homens (e até algumas mulheres) mandando ela parar de reclamar por besteira e ir procurar uma pia de louça para lavar.

Inicialmente eu gostei disso, de ver os meninos malucos de ódio sentindo na pele um mínimo que seja do que nós passamos a cada minuto do nosso dia. Dei umas risadinhas maléficas.

Mas daí – viva o Facebook e minha timelinda – outra amiga me abriu os olhos: isso é constrangimento corporal. Botar um vídeo com uma gostosona olhando para um peludo e dizendo eeeeeeca é uma puta falta de sacanagem, feita para fazerem os nossos ursões se sentirem verdadeiros lixos. Que não são, conheço cents meninas que adoram um peludo e outras cents q não curtem. A velha história do “tem gosto pra tudo”.

E constrangimento corporal não vale, nem pra homem, nem pra mulher. Fazer alguém se sentir inadequado, ridículo por conta de uma característica física totalmente natural é jogar baixo. Ninguém vai ensinar nada à ninguém devolvendo na mesma moeda. E ela tem razão, e eu concordo plenamente. Não quero que os homens se sintam pressionados a se depilar para se sentirem mais atraentes. Não quero que eles se sintam obrigados a fazer NADA para se sentirem mais atraentes – exceto banhos diários, ok? Não adianta oprimir um lado pra desoprimir o outro. Não quero um mundo assim, porque o que vai sobrar é todo mundo se ferrando. E eu quero é liberdade. Pra todo mundo. Pro Tony Ramos. Pra Claudia Ohana. Pra mim. Pra você. De raspar. E de ser peludo.

Anúncios

Um comentário sobre “Quero ver raspar!

  1. Pingback: Mais sobre a graduação EaD na Uniasselvi | Rainfalls and hard times

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s